9.8.17

{ Resenha #177} Uma Real Leitora - Alan Benneth | @maetoescrevendo

Eiii pessoal, tudo bem com vocês?
Hoje eu trouxe a resenha de um livro muito agradável de se ler, gostei muito de ter realizado a leitura e espero que se alguém por ai o tiver, tire-o da estante e leia-o pois vale cada página. 
Vamos a resenha?


Titulo: Uma real leitora
Autor: Alan Bennett
Editora: Record
Páginas: 112
Avaliação: 4/5


O Livro Uma Real Leitora foi lançado pela editora Record em 2008, foi traduzido por José Rubens Siqueira e em seu enredo ficcional o autor toma como base e inspiração a Rainha Elizabeth II.

O livro como um todo é bem curto e logo no início conhecemos um pouco sobre a proposta do autor no prefácio escrito por Reinaldo Azevedo , jornalista e escritor. No prefácio nós leitores temos o prazer de compreender alguns apontamentos e períodos específicos que serão narrados na história.


Logo no início da narrativa nos deparamos com uma rainha triste e muito atarefada. Pois além de cuidar de seu reino, ela também cuida de toda sua família, mesmo que apenas se preocupando e dando conselhos. Porém com isso e suas diversas tarefas diárias, a mesma acaba não tendo tempo para si mesma. Com sua rotina diária e o cansaço da velhice, a Rainha passa a se sentir incomodada por seus empregados que não a deixam sozinha ao longo do dia.

Durante um passeio pelo Palácio , a matriarca real conhece Norman, que é um de seus Pajens , mas que ela ainda não conhecia, por estar a semanas resolvendo outros problemas e passando muito tempo com seus assistentes e em reuniões. Neste encontro a Rainha descobre que toda quarta-feira Norman pega emprestado um livro escrito por um autor/autora homossexual na biblioteca itinerante que frequenta o Palácio neste dia da semana. Com a ajuda de seu empregado Elizabeth II escolhe sua primeira leitura na biblioteca itinerante e combinam de voltarem a se ver na próxima semana para que escolham outro livro.


Com o passar das semanas a Rainha descobre que Norman é um leitor Voraz e que com sua coroação e suas obrigações de governante , nota que durante toda a vida ela deixou de ler e conhecer obras maravilhosas. Com isso e com a ajuda de seu novo amigo ela passa a ler velozmente e a todo momento. O que traz um novo propósito para sua vida. Mas que também incomoda a seus representantes por ela passar agora mais tempo lendo do que cuidando de suas tarefas.



É notório, portanto que ter se tornado leitora já na velhice faz com que a Rainha tenha pressa em ler os livros que pega na biblioteca itinerante, na biblioteca de seu Palácio, nas bibliotecas públicas e outros. Tomando por base sempre os livros indicados por Norman ou pelas narrativas que leu anteriormente. O que faz com que nos leitores possamos conhecer tanto a rotina pesada de ser dona da Coroa Real como também os diversos livros e questionamentos pós leitura realizados pela Rainha Elizabeth II.

Foi um livro com leitura gostosa e que eu super indico. Mas que provavelmente é mais fácil de ser encontrado em sebos ou no Projeto Mais Leitura.
Beijos da Lêeh e espero que possam ler.

                                       Instagram  | Fan Page | Skoob Twitter | YouTube

Nenhum comentário:

Postar um comentário